Posted by : Goggle Red quarta-feira, julho 16, 2014

Sukeban Deka é uma criação original do mangaká Shinji Wada que posteriormente ganhou adaptações em anime e dorama. O dorama teve três temporadas, exibidas pela TV japonesa entre 1985, 86 e 87. Existem ainda filmes e especiais derivados das duas últimas seasons, além de uma releitura moderna, lançada em 2006. Para os que ainda não conhecem a história e querem assistir nosso filme sem maiores confusões, esta descrição que fiz na sequência para as três temporadas do dorama pode vir a ser útil_ além de servir como aperitivo.
A história de Sukeban Deka gira em torno da estudante colegial Saki Asamiya. Tida como delinquente juvenil, Saki atua como agente secreta para uma misteriosa organização conhecida como "O Gabinete"_ cujo líder, Kuraiyami Shirei (ou "Diretor das Trevas", numa tradução livre), é o único personagem em comum a aparecer nas três temporadas do dorama. Portando um iôiô como arma primária, Saki luta movida por anseios pessoais, porém puros o suficiente para que ela nunca ignore os conceitos de justiça e verdade cabíveis a uma heroína.

Tal como o anime, o seriado de 1985 foi bastante fiel ao mangá. Nele, a Saki "original" é assistida pelo agente Jin Koichiro enquanto luta para adiar a execução de sua mãe, condenada por assassinato. Após essas apresentações, a série ganha mais densidade quando entra em sua fase decisiva, a partir do 11º episódio. Daí até o final, a protagonista combate o tráfico de influência das irmãs Mizuchi (Reimi, Aiyumi e Kumi).

Na temporada seguinte do dorama (1986), Saki é sucedida por Yoko Godai, que adota o codinome da sucessora para lutar. Selecionada por Kuraiyami Shirei após árduo treinamento, a garota carrega um surpreendente histórico de vida. Órfã de pai, foi criada pela mãe presa a uma máscara de ferro que adornava toda sua cabeça (a Tekkamen) e que era programada para suprir as necessidades da jovem ao longo de seu crescimento. Com a assistência do agente Nishiwaki, essa nova Saki luta contra as ações do grupo Seirokai e seu líder, Soto. Sua ambição é desvendar suas próprias origens, assim como a de seus pais. A menina ainda conta com a amizade e cooperação de outras duas delinquentes que aderem a sua causa: a meiga Yukino Yajima e a rude Kyoko "Okio" Nakamura.

Inovações ainda mais intensas em relação ao original são vistas na Season III, de 1987_ na minha opinião, a melhor e mais interessante. O trio de sukebans (novidade trazida pela temporada anterior) reaparece na figura das carismáticas irmãs Kazama_ Yui, Yuka e Yuma. Em comum, as três carregam os Bonji, estigmas que revelam misteriosos ideogramas, capazes de ampliar a força da portadora. Técnicas de arte ninja e zen oriental povoam as cenas de ação. Muitas lutas ainda são frequentemente temperadas por rituais mágicos e exemplos de superação pessoal. Na posição de Saki, Yui conta com o apoio de Yoda, seu professor de inglês (inicialmente camuflado por um traje tradicional e uma máscara Hannya) para combater a feitiçaria do Clã Kage, encabeçado por Sho. Há ainda Leya, uma segunda subordinada de Kuraiyami Shirei que assiste as irmãs heroínas ao longo dos 20 primeiros episódios.

O filme que estamos lançando (e que tive a satisfação de legendar) marca a transição da 2ª para a 3ª temporada do dorama. Neste longa, a "Saki" Yoko Godai decide retornar à luta justamente no momento em que ela achava ter conquistado a liberdade que nunca teve e sempre sonhou. E eu acho que é bem a partir daí que a profundidade desta história começa a se manifestar. Até porque, dentre todas as sukebans, Yoko foi a que mais ansiou por viver como uma garota normal_ ainda mais após livrar-se da Tekkamen, fato que deu início a sua saga de espiã.
Há duas cenas em episódios da Season II que refletem perfeitamente esse sonho de Yoko por uma vida normal. Na primeira delas, a jovem brinca com Okio numa loja de roupas, onde prova vários modelos para que a amiga avalie. Na segunda, passeia com dois garotos, que a cortejam e são gentis com ela. Em ambas as situações, Yoko teve sua alegria interrompida pela abordagem sutil de seu agente Nishiwaki_ sempre de prontidão para lembrá-la de suas reais obrigações.
Experiências como essas fizeram desta segunda Saki a melhor sukeban da história. Esta aventura foi sem dúvida seu maior desafio, mas também o último passo antes dela alcançar a vida que sempre quis para si. Para libertar um grupo de jovens de uma fortaleza de torturas conhecida como Castelo Infernal, Yoko lutará mais uma vez ao lado das velhas companheiras Okio e Yukino. A produção ainda serve para apresentar Yui Kazama, a sucessora de Yoko designada pelo Gabinete. Numa excitante prévia para a temporada que se seguiria, Yui se une às outras garotas como um importante reforço para a batalha final de sua senpai. As demais irmãs Kazama_ Yuka e Yuma_ também aparecem, coadjuvando numa pequena ponta do filme.
Eu sou fã incondicional das três seasons do dorama. Suas sucessivas inovações de roteiro chamam tanta atenção que, para mim, só há uma coisa ainda mais legal que isso: a escolha do elenco. Nessas temporadas, todos os papéis principais eram dados a cantoras de grande projeção no universo J-Pop da época. Em 1985, Yuki Saito reinava quase soberana como a primeira Saki, enquanto que outras artistas do mercado fonográfico japonês apenas figuravam em episódios isolados ou como personagens menores. Mas já a partir da Season II tal panorama mudou radicalmente. Com um mínimo de três heroínas por série, mais idols de sucesso ganhariam seu espaço, não apenas para aparecer com frequência como também para contribuir na trilha sonora com seus singles recém-lançados. Só na Season III, por exemplo, foram mais de dez as faixas tocadas, todas divididas entre cinco versões da ending e muitas cenas de luta das irmãs Kazama_ cujas intérpretes assinavam a maioria dos temas musicais.
Neste filme, o trio principal de sukebans é vivido pelas mesmas cantoras/atrizes que figuraram na segunda temporada do dorama: Haruko Sagara como Okio, Akie Yoshizawa como Yukino e Yoko Minamino (ou simplesmente "Nanno" para os fãs) como a "Saki" Yoko Godai. Ao lado delas está também a fantástica Yui Asaka, como Yui Kazama_ esta, no mesmo papel com o qual protagonizaria a season seguinte.
Música principal desta produção, o single "Rakuen no Door" (1987) foi, em minha opinião, o melhor na longa carreira musical da Nanno. Feita com exclusividade para o filme, a faixa (cuja tradução significa "Portal do Paraíso") reflete em sua letra toda a intensidade de sentimento da protagonista rumo a conquista de sua tão almejada vida normal_ sem dúvida, seu próprio paraíso particular.

Título: Sukeban Deka: The Movie (1987)
Produtora:  Toei
Duração: 95 minutos
Tradução: Goggle Red (Henshin World)
Timing e Typesetting: Clock Up (Rampage Subs)

DOWNLOAD MKV (SOFTSUBS) 
DOWNLOAD AVI (HARDSUBS)

{ 1 comentários... leia abaixo, ou faça o primeiro }

- Copyright © Rampage Subs - Rampage Subs - Powered by Blogger - -